Consulta il Calendario per restare sempre informato sulle nostre attività

Dramaturgia e Técnica da mascara


Oficina de FABIO BUTERA



Curso teórico/prático sobre criação, construção e uso da máscara.

Número máximo de participantes: 15

Duração: 30 horas divididas em cinco dias


A oficina é voltada para estudantes de teatro e de artes plásticas, atores, diretores, aderecistas e cenógrafos. Tem por objetivo fornecer uma metodologia de trabalho a quem quiser confeccionar ou usar uma máscara. Ao partir de técnicas  que permitirão ao participante realizá-la, discutir-se-á o objeto feito para o teatro enquanto obra de arte, como resultado de um outro tema recorrente, a ‘dramaturgia da máscara’. 



PROGRAMA

História

Breve história das máscaras: pré-históricas, clássicas, ligadas a rituais, àCommedia dell’Arte, ao teatro oriental, universais, de outras partes do mundo, modernas. Explanação sobre a evolução dos elementos dramatúrgicos das máscaras nas várias culturas ao longo da história.



Técnica

Apresentação das técnicas de criação e confecção das máscaras nas diversas culturas e suas peculiaridades: máscaras em terracota, madeira, papel machê, couro e metal com demonstrações através de exemplos realizados pelo ministrante. Demonstração de confecção de uma máscara em couro: materiais utilizados, elementos para a construção do molde em madeira, processo de formatação do couro e acabamento.


Dramaturgia

Idealização e uso da máscara em função de uma dramaturgia: cada participante escolhe um personagem, define suas características e realiza o esboço da sua máscara. 


Criação

Realização do esboço em argila das máscaras idealizadas. Estas podem vir a se transformar em máscaras de papel machê aumentando 5 horas, divididas em dois dias, em relação à duração do curso.


Construção

Confecção, por parte dos aprendizes, de uma máscara em couro utilizando um molde pré-existente. (É possível fazer um modelo em madeira, a fim de confeccionar algumas das máscaras idealizadas pelos participantes, aumentando 15 horas na duração do curso.)

OBS: Nesta fase, sugere-se que os participantes sejam divididos em grupos de 3 ou 4 pessoas, a fim de se fazer uma melhor distribuição do trabalho dentro do limitado tempo do curso. A confecção do modelo é indicada aos participantes que tenham prática no trabalho com a madeira. Se as ferramentas fornecidas pela organização forem apropriadas, qualquer participante poderá fazer sua própria máscara.


Utilização

Os participantes podem verificar o próprio trabalho experimentando a máscara confeccionada através de uma breve encenação do personagem escolhido.


Estrutura da Oficina

O curso, com duração de uma semana, dividido em duas sessões diárias de três horas cada uma: pela manhã, são tratados os aspectos práticos e técnicos sendo a tarde destinada às argumentações teóricas e à parte dramatúrgica, com as demonstrações de trabalho por parte dos atores.

Os participantes podem ser diferenciados nas duas sessões, com base nos seus próprios interesses.


Necessidades técnicas

projetor diapositivo

videocassete e televisor de, no mínimo, 29”


Material para cada participante

5 Kg de argila

5 Kg de gesso (confecção em papel machê)

ferramentas para modelagem: pincel para cola, bacia (confecção em papel machê)

lixa de papel, jornal, cola, argamassa, tinta à base de água (confecção em papel machê)

ferramentas para escultura em madeira (confecção de modelo em madeira)

Mesa de trabalho (confecção de modelo em madeira)

Pedaço de madeira de tiglio ou essência símile com as seguintes dimensões: 25x18x8 cm (confecção de modelo em madeira)

Couro de espessura 1,5 mm curtido de forma natural ao tannino*


* O couro, o martelo de chifre e eventualmente outros materiais podem ser fornecidos à organização pelo preço de custo.